quarta-feira, 13 de julho de 2016

Quando chega o momento de aflição



Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. (1 Pedro 4: 12 e 13)

Tenho um apresso por esse versículo no qual passa uma lição preciosa quanto ao nosso cotidiano. 
Sabemos que, muitas vezes, esse momento chega pra cada um, e saber contornar e passar por cima é um grande desafio.


O que aprendemos nesses dois versículos: se alegrar em meio as aflições. 


Sim, parece loucura misturado com excesso de bipolaridade, e isso o mundo não entende. Muitas vezes nem nós mesmos entendemos. Acredito que o propósito nisso é aprendermos a descansar no Senhor e em sua soberania. Nada melhor do que entregar nossos problemas e sentimentos nas mãos de um Deus que tudo governa.


A cada passo dado conseguimos aprendizados para crescer espiritualmente. A fase do leite na mamadeira já acabou pois Deus não cria filhos mimados. 


Quão difícil é para nós aceitarmos a vontade do Senhor que muitas vezes vai contra a nossa. 
“Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo.”


Alegrai-vos! Temos um Deus em nosso favor. Alegrai-vos! Ele nós dá a vida, o ar, a saúde. Alegrai-vos! Ele dá o alimento e a paz no sono. Alegrai-vos! O Senhor disse que jamais iria nos deixar. Alegrai-vos! Ele continua no governo e domínio de todas as coisas. 


O Senhor permanece firme, nos fortalecendo, ele é nosso refúgio em tempos de angústia, medo, tristeza, desemprego e insegurança.

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.” (2 Cor 4: 16)

#Tulipa

0 comentários:

Postar um comentário