terça-feira, 5 de abril de 2016

O CREDO APOSTÓLICO


Todos cristão, uma hora ou outra tem que confessar a sua fé, lembro-me de quando eu era mais novo, um recém convertido  passava por muitos ‘’ dilemas’’ e em particular  era muito difícil eu ira a igreja com uma bíblia, ou falar em publico que eu era crente, por conta de uma eventual  bullying  
No Brasil, onde o evangelho não é perseguido, temos a liberdade de posicionarmos em favor de uma religião independente da qual for. ‘’ em teoria’’
Porem a bíblia nos direciona para fazermos a confissão de nossa fé, Mt 10:32; Rm 10:9., também confessamos a nossa fé com os sacramentos, batismo, santa ceia do senhor e nosso dia a dia com o testemunho pessoal.


O Credo ‘‘Símbolos dos Apostólicos’’
O credo apostólico é uma confissão a da nossa fé, foi criado nos primórdio da igreja para combater e refutar várias heresias e o gnosticismo o qual é, um conjunto de correntes filosófico-religiosas sincréticas isso é que misturam varias religiões.
‘‘O Credo é derivado do Creio em Deus Pai. Assim que o termo Credo significa apenas Creio , ou seja, “eu creio”, eu confesso a minha fé de forma pública (cf. 2 Co 4:13). Daí, um credo que não é outra coisa que uma forma de se confessar as nossas crenças básicas (Mt 10:32; Rm 10:8-10).’’
O credo apostólico também tem o nome de Símbolo dos apóstolos, não por ser escrito pelos apóstolos e sim, por conter suas doutrinas.
Não sabemos ao certo quem escreveu o Credo Apostólico, porem acredita-se que é do período de 107dc.  

UMA LENDA...
Atribui –se  a  Rufino( 307-309 dc) a afirmação que os apóstolos fizeram uma reunião e ditaram o credo confissão,  cada um, uma frase, Ambrósio (bispo de Milão, 340-397 d.C.)  apega-se a este fato também, atribuindo uma frase para cada apostolo.
Esta lenda deve ser rejeitada.
O Credo não é apostólico porque foi escrito pelos apóstolos, mas por ser a sua doutrina.’’

NÃO É PRATICA NOVA
Como falado anteriormente, o credo nada tem a ver com igreja católica, bem antes, os Judeus já tinha algo parecido com está pratica, vemos em Dt. 6;4-9 o “ shema”  e podemos em vários momentos, do novo testamento encontramos  referencias   sobre  confissão de fé, sendo  espalhadas na bíblia, ex... ‘‘cf. Rm 3:30; 1 Co 8:4-6; Gl 3:20; Ef 4:6; 1 Tm 2:5; 3:16; 2 Tm 2:8; 1 Pe 1:21; 3:18,22’’  também  podemos ver, algumas pessoas que fizeram uso  de uma confissão de fé, por alguma ocasião de extremas necessidade em situações de  agonia ou em  momento rápidos  em frase mais curtas com breve citações, veremos :
João batista no momento em que estava batizando as pessoas;
-‘’No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”-João 1:29
Tomé em uma frase curta, porem confessional –
‘‘E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu!’’-João 20:28
E uma confissão cheia de amor, lembrada por muitos a uma indagação feita pelo próprio senhor Jesus.
‘‘E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.
Mateus 16:16
O credo é uma confissão, uma confissão sobre a obra redentora de Jesus Cristo.



A HISTÓRIA DO CREDO
A copia mais antigas são de Rufino (em latim 390 d.C.), e a de Marcelo (em grego, 341 d.C.) Marcelo bispo da Ancira ( Capital da Galácia).
Creio em Deus todo-poderoso 
E em Cristo Jesus, seu único Filho, nosso Senhor, 
Concebido pelo Espírito Santo e Maria virgem, 
Crucificado sob Pôncio Pilatos, e sepultado, 
E ao terceiro dia ressuscitou dos mortos, 
Subiu ao céu e está sentado a destra do Pai, 
De onde virá para julgar aos vivos e mortos; 
E no Espírito Santo, 
Una Igreja santa, 
O perdão dos pecados, 
A ressurreição do corpo, 
A vida eterna.”
Porem a forma mais conhecida e tradicional, chamaremos de “Texto Recebido” (650 d.C.). Nas lições usaremos referência a outras versões mais antigas, como as de Marcelo e Rufino. Em sua divisão tradicional de 12 artigos, o Texto Recebido declara:
1. Creio em Deus Pai Todo-poderoso, o Criador dos Céus e da terra. 
2. E em Jesus Cristo, o seu único Filho, o nosso Senhor; 
3. que foi concebido pelo Espírito Santo, nasceu da virgem Maria; 
4. padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; 
5. desceu aos inferno, e ao terceiro dia ressuscitou dentre os mortos; 
6. subiu ao céu e está assentado a direita de Deus Pai Todo-poderoso; 
7. dali virá para julgar os vivos e os mortos. 
8. Creio no Espírito Santo; 
9. na santa Igreja católica, a comunhão dos santos; 
10. o perdão dos pecados; 
11. a ressurreição do corpo 
12. e a vida eterna. Amém.”




O texto do credo em latim
1. Credo in Deum Patrem omnipotentem, Creatorem caeli et terrae,
2. et in Iesum Christum, Filium Eius unicum, Dominum nostrum,
3. qui conceptus est de Spiritu Sancto, natus ex Maria Virgine,
4. passus sub Pontio Pilato, crucifixus, mortuus, et sepultus,
5. descendit ad ínferos, tertia die resurrexit a mortuis,
6. ascendit ad caelos, sedet ad dexteram Dei Patris omnipotentis,
7. inde venturus est iudicare vivos et mortuos.
8. Credo in Spiritum Sanctum,
9. sanctam Ecclesiam catholicam, sanctorum communionem,
10. remissionem peccatorum,
11. carnis resurrectionem,
12. vitam aeternam.
Amen

ACEITO EM VARIAS DENOMINAÇÕES
 É amplamente utilizado por muitas denominações cristãs para propósitos litúrgicos e catequéticos, mais visivelmente pelas igrejas litúrgicas de tradição ocidental, incluindo o Rito latino da Igreja Católica, o Rito oriental das Igrejas Ortodoxas Orientais, o luteranismo, o anglicanismo e o presbiterianismo.


A forma Trinitária do Credo
O Credo está dividido em três partes: O Pai e a nossa criação, o Filho e a nossa redenção, o Espírito Santo e a nossa santificação.
Como falado em no Catecismo de Heidelgerg
Deve ser notado que a parte referida ao Filho é a mais detalhada. A metade de seus 12 artigos está dedicada ao Filho e sua obra da redenção. Tal é a importância de Jesus na teologia cristã como o centro de nossa salvação. A primeira vista, pareceria que a seção que fala do Espírito Santo foi a menos informativa, mas a verdade é que a Igreja é vista em íntima relação com a obra do Espírito.

Concluindo que, da época dos apóstolos  até hoje , vemos a igreja combatendo varias doutrinas falsas e heréticas, o credo ou confissão apostólica foi mais um  meio de  informar e professar a fé em Cristo Jesus e suas obras, assim como temos  vários meios de confessarmos a nossa fé, através dos sacramentos da igreja, como é  batismo e a santa ceia do senhor,  o Credo Apostólico é apenas mais um meio destas  confissões.
===
Produção do Texto de: #RC

Resumo  do texto  abaixo citado.

_________________________________________


https://pt.wikipedia.org/wiki/Credo_dos_Ap%C3%B3stolos
CATECISMO DE HEIDELBERG - Pergunta 66


0 comentários:

Postar um comentário