terça-feira, 26 de abril de 2016

Homem carnal vs Homem espiritual




Quem não trava diariamente uma luta em seu interior dessa magnitude, onde nossa natureza depravada e caída, tenta prevalecer sobre o convencimento criado pelo Espirito Santo em nosso interior. Pode parecer até meio "clichê" dizer isso nos dias de hoje, que é "necessário nascer de novo" que "o Espírito Santo gera frutos em nós", mas a grande verdade é que poucos tem conseguido êxito, porém estão utilizando as ferramentas erradas, ou seja, com nossas forças nunca conseguiremos prevalecer sobre o pecado.

Há meses atrás eu fiz um texto com um tema bem parecido com este, o "confissões de um ex-farizeu", porém para o cristão é indispensável essa preocupação com o que a palavra nos ensina, e ela nos exorta a um perfil, uma maneira em que as transformações vindas do Pai serão vistas em nós.

Novo nascimento, nova criatura, frutos do espírto, nação santa, sacerdócio real, eleitos, escolhidos, tudo isso se você ouvir o que a palavra diz ela sempre tem um agente causador um agente que por meio dele capacita alguém ou a conseguir tal objetivo, diferentemente do que é ensinado em algumas congregações onde o evangelho já foi relativizado de uma tal forma onde você é "salvo" ou "santificado" apenas com um apelo emocional, ou com um conduta doutrinária aceitável aos olhos dos homens, contudo, se você analisar as escrituras sagradas verá que Jesus combateu veementemente isso, e classificou como hipocrisia tais ações, mas enfim não é sobre isso que quero continuar abordando aqui, e sim como entender a transformação magnifica que apenas a Graça pode fazer.

João 3:5 - "Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus."

Com este fundamento podemos aplicar conforme diz em João 3:5 “Quem não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.” A tradução pode ser “Quem não nascer da água, a saber/isto é do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.” Justamente isto é a obra do Espírito Santo.

A aplicação da obra salvífica feita por Jesus vem do Espírito Santo. Conforme o que apóstolo João disse: “Quando ele (Espírito Santo, v.7) vier convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (15:8).

Entende agora que apenas com seus esforços você nunca deixará aquele vício? deixará de praticar aquele furto, de adulterar, de mentir, enfim de tudo que já existe dentro de nossa natureza homicida.
Porém existe o resultado desta "equação" que é o homem pecador (depravado) + Espírito Santo (obra salvífica) = Ser nascido (eleito, regenerado, mente transformada).

Gálatas 5:22 - "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança."

Fruto é o resultado das obras do Espírito Santo em nós, não uma coisa instantâneo ou predefinida.


Gálatas 5:16 - "Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne."

Ignorante é aquele que pensa que pode vencer sua podridão sozinho, não faça isso!

Ore e peça essa mudança, seja feita na sua vida, e que a boa obra que Ele começou, possa ser terminada em nós.

"Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a APERFEIÇOARÁ até ao dia de Jesus Cristo;" - Filipenses 1:6

Amém!

0 comentários:

Postar um comentário