quinta-feira, 21 de abril de 2016

A oração de Jesus em João 17



Olha, confesso que toda vez que leio esse capítulo, meus olhos se enchem de lágrimas. Cada versículo, cada palavrinha dita por Jesus é como bálsamo dentro de mim.

Em todo capítulo, Jesus fala fortemente sobre ele e o Pai serem Um. E por esse fato, Jesus nos chama a sermos um também. Logo depois, no capítulo 18 ele é preso no Getsemani, e por ali em diante sua trajetória até a cruz. 

Aí, me pego analisando a pessoa de Cristo. Um homem "comum", que se desfez da Sua glória e se tornou semelhante aos homens. Nenhuma formosura havia nele; como está escrito. E mesmo assim, sabendo que somos depravados e miseráveis disse: “eu não rogo somente por estes, mas também por aqueles que, pela sua palavra, hão de crer em mim” (verso 20);


A minha limitação humana, não é capaz de imaginar tamanho amor! Não dá, é algo inexplicável!
Ele veio como homem, foi traído, sentiu dores, chorou; e mesmo assim deseja que nós sejamos UM, assim como ele e o Pai são. 


”Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade.” (verso 23)
O que significa isso pra você? Como se sente? Analise esse capítulo, leia cada versículo. Causa algum impacto dentro do seu coração?


Ele deseja que sejamos um! “Quero que, onde eu estiver, também estejam eles comigo. ” (verso 24)
Não podemos devolver. Nada do que fizermos pagará essa dívida. Um Deus tão santo, tão humilde, tão justo, morrer por míseros seres como eu e você. Até o desejo de O adorarmos vem dele, o que faremos?! Se até as palavras antes de sair da nossa boca, ele já sabe?! 


Constrange! A unidade do amor entre Jesus e o Pai nos constrange. Somos um em Cristo. O desejo do nosso Mestre é esse!

Sabe o que tem acontecido hoje, vejo a separação; uns querem ser melhor que outros, terem cargo maior, estar acima, desprezam o fraco e necessitado, muitos acham que são os santarrões, e excluem quem precisa de uma palavra de refrigério. Já disse o Mestre: guias cegos!


Que explicação eles darão? Que explicação nós daremos? Que o Senhor tenha misericórdia desses que acolhem falsos profetas, e se esquecem da unidade com o humilde. No Reino não existe maior, pois aquele que assim ser, será servo de todos. Amar é ser um.


Logo se temos fé, teremos obras; pois sem ela a nossa fé é morta e nada produz. Por acaso produzimos sozinhos? Sem Jesus nada podemos fazer. Ele nos manda amar o próximo; e amar é estender a mão e se doar. 


Peço ao Senhor que a cada dia esse desejo em nosso coração aumente! Que sejamos um!


... “para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.

0 comentários:

Postar um comentário