• Tatuagens e Piercings x Cristão

    Não aconselho ninguém a fazer tatuagem, usar piercings e nem acho legal; mas como minha opinião pouco vamos a Palavra do Senhor

  • A GRAÇA SALVADORA

    Quando falamos de GRAÇA SALVADORA ou GRAÇA IRRESISTÍVEL , e GRAÇA ESPECIAL estávamos falando do vontade Divina sendo feita.

  • Não desafie sua natureza humana

    Resista ao diabo e ele fugirá. Mas corra, fuja de impulsos de sua natureza humana Somos impulsionados todos os dias...

  • Assédio Virtual e o suicídio

    CRESCIMENTO DE ATAQUES VIRTUAIS ACENDE ALERTA SOBRE SUICÍDIO

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Você tem certeza da sua salvação?


Essa semana postamos na página essa pergunta "marota" que muitos inclusive eu já ouvimos de outras pessoas ou até mesmo já nos fizemos e em muitos, se não na maioria, a resposta foi sempre algo vago e sem firmeza, como  “Acho que sim, espero que sim”. Tais respostas mostram que essas pessoas não conhecem a Bíblia.

Podemos ter convicção e plena certeza da nossa salvação? claro que sim! Abaixo alguns textos que demonstram sem dúvida que uma vez salvo, sempre sou salvo.

Gostaria antes de salientar que a Bíblia, mesmo que não nos dê lugar para presunção ou incertezas, nos dá inúmeras provas para que tenhamos plena confiança da nossa salvação.

Alguns pontos cruciais para essa certeza:

PERFEIÇÃO E SUFICIÊNCIA DO SACRIFÍCIO DE CRISTO

Essa é a maior de todas as bases para que tenhamos paz ao entender que não por nossos méritos ou ainda por qualquer tipo de santificação (digo que algo que tenhamos que nos penitenciar ou acrescentar) conseguimos acrescentar algo na obra perfeita da salvação. Ou seja, quando Cristo morreu na cruz, pagou a penalidade de todo o nosso pecado, a Sua obra na cruz foi perfeita, única e completa. 

Isaías 53.6 diz: “Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos” 

Romanos 5.10 afirma: “Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida”.

O ESPIRITO SANTO - CONVENCIMENTO - TESTEMUNHO

João 16:8: "E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo." Ao eleito não resta presunção nem acomodação (características de uma pessoa que vive pela carne não pelo Espirito) até porque quem nos conduz é o Espírito Santo.

Romanos 8.16: “O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus” - Aleluia! Não seremos, mas já somos. O Espírito Santo confirma a decisão no coração, porque conversão é obra do Espírito. Nós pecadores não podemos nos salvar.

PROMESSAS DE DEUS PARA NÓS CONFIRMAM NOSSA SALVAÇÃO

João 10.28-29: “Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão…”. Nem Satanás pode nos tirar das mãos do Senhor.

João 3.36: “Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna”. Jesus não disse: Talvez tenha a vida eterna, mas sim, tem a vida eterna agora ( Jo 5.24; 6.47; Rm 10.9-10).

1 João 5.13 – “Estas coisas vos escrevi a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus”. Não é “talvez tenhais a vida eterna”. Sim, você pode saber que tem a vida eterna. Aleluia!


Este texto também poderia se chamar "Podemos ter certeza da nossa Salvação?", creio que teria mesma aplicação.

Muitos não irão entender esses textos, estes versículos, mas a quem o Espirito Santo falou, se alegre, você não deixará de pecar, então pare de se enganar não há méritos em você, e sem presunção ou hipocrisia nenhuma, eu afirmo categoricamente, sim eu sou salvo, resgatado pelo cordeiro e continuo sendo um pecador.

Este texto ainda terá outras continuações onde vamos tratar de outras questões como a presunção e hipocrisia e algumas dúvidas que cercam o tema.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

A DIFÍCIL TAREFA



"Eu lhes digo: ele lhes fará justiça, e depressa. Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?" Lucas 18:8.

Neste capítulo do Evangelho Segundo Lucas, Jesus apresenta um padrão e uma exortação ao Cristão, "sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer” (Lucas 18:1)", e nos versículos seguintes nos conta uma parábola da viúva e do juiz iníquo. A lição principal de Lucas 18:1-8 é a oração perseverante.

Você que é um Cristão sincero, sabe que ao longo de nossa caminhada temos alguns percalços, faltas, desânimos e até incredulidade, mas como o Pai não nos desampara Ele sempre nos exorta a continuar por meio de sua inerrante palavra.

Pois bem, os dois personagens da parábola o Juiz e a Viúva. A viúva tinha uma reclamação justa contra alguém não mencionado na Bíblia. Notamos que ela queria muito que o juiz julgasse sua ação, realizando a justiça. O juiz a ignorou muitas e muitas sua suplica. Porém, pela insistência da viúva, e pelos constantes clamores que ela fazia a ele, o juiz então decide julgar seu caso.

Cristo faz uma analogia ao Juiz e ao Próprio Deus, ou seja, um juiz Justo e um injusto.

Lucas 18:7 - Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar?

Se até um juiz injusto ouve a causa de uma viúva, que na época era muito marginalizada pela sociedade que oprimia os mais frágeis, imagine Deus que é Cuidado e Zeloso com seus escolhidos.

Deus faz tudo no seu tempo e de acordo com seu propósito. A ansiedade, uma das grandes vilãs do nosso século, minam nossa fé e nossa persistência. O Prazer de orar e buscar a Deus é deixado de lado por coisas supérfluas e sem importância. O imediatismo já nos dominou e parece que queremos tudo online, no conforto do sofá.

Esquecemos de pedir a Deus direção por qualquer decisão a ser tomada, ou agradecer pelo alimento em nossas mesas. Infelizmente nos tornamos "cristãos" de um Cristo que não seguimos, essa é a verdade, e ela não doí em alguns.

A parábola é encerrada dizendo que Deus faz justiça depressa e não demorada. “Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça.” (Lc 18. 8). Assim, se um juiz iniquo e 

limitado consegue trazer algumas soluções para as questões apresentadas a ele, imaginem o Eterno!

De forma impressionante Jesus termina jogando por terra toda ansiedade, falta de fé e imediatismo: “Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?” (Lucas 18. 8)

Oque nos falta muitas vezes é FÉ!

A insistência e a Fé da viúva é oque nos falta.

E para concluir Cristo nos faz refletir se iremos até Deus como a viúva ou não.

"Eu lhes digo: ele lhes fará justiça, e depressa. Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?" Lucas 18:8.

Senhor, sei que ou falho e minusculo, mas perdoe minha falta de fé e minha incredulidade e me molde ao caráter de Cristo Jesus, para que mesmo que eu erre ou não tenha fé suficiente em qualquer situação, eu pelo menos possa ter meu coração confortado pela sua plenitude e soberania, amém.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Se não bastasse ser uma subida, ainda tem pedras



Eu fiz esse afirmação há poucos dias quando estava praticando ciclismo com amigos em uma trilha a poucos quilômetros de minha casa. Era uma subida bem desafiadora, daquelas que quando a gente olha tem que levantar a cabeça pra olhar, eu estava no pelotão do meio, já quase no fim de  uma descida, após avistar a tal subida, eu me vi em um ligeiro desespero, "não vou conseguir", logo pensei. Vi as pedras, alguns colegas de pedal já começavam a me ultrapassar enquanto a roda da frente lutava para ficar de pé.

Já vou avisando que este texto não é motivacional nem de auto-ajuda, apenas uma breve reflexão sobre algumas situações da vida.

Quando vi que me deparei com este desafio, eu confesso que meus anos de ciclismo não serviram de nada para me motivar ou criar um estratégia para una preparação melhor ou como entrar de uma vez e romper com ela. Me vi limitado e fraco. Meus esforços foram pra me manter em pé e não cair ou ir empurrando.

Hoje aqui sentadinho em uma cadeira confortável, no ar condicionado e relembrando daquele dia épico onde consegui me superar, vejo que aquela subida está em todo momento em nossa frente.

Ela vem de outras formas, como falta de amor, falta de domínio próprio, ecasses de amor, enfim tudo aquilo que é fruto da carne e não do espírito. As pedras são os resultados de nossos atos, porque por mais que você suba sua condição pecaminosa e caída lhe fazem cair a todo momento.

Agora Cristo é nosso guia, o guia é aquela pessoa que esta a frente do pedal, que carrega os equipamentos de segurança, ajuda a todos, e se preciso ele até amarra uma corda a sua bicicleta e nos puxa na subida, de graça, sem pedir nada em troca.

Independente das pedras e das subidas!

Que maravilha é a Graça do Senhor! 


"Todos recebemos da sua plenitude, graça sobre graça." João 1:16

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Você sabe realmente o que é o Evangelho?



Essa semana aconteceu algo inusitado comigo, minha esposa e meu filho mais novo, fui chamado na escola onde meu filho estuda, porque um professor ofendeu meu filho, algumas pessoas ouviram e relataram a uma inspetora, ela por sua vez achou melhor marcar uma reunião para alinhamento. Quando fiquei sabendo do ocorrido tive um sentimento de indignação com tristeza, porque um professor de um adolescente (14 anos) ter um comportamento assim é algo que preocupa pois os mesmos deveriam ser espelhos.

Chegado na sala além da minha família (eu, minha esposa eu meu filho envolvido) havia também família de um outro garoto, só que esse garoto havia ofendido o professor em rede social, e aproveitaram para tratar dos dois casos juntos. 

A mãe do outro aluno estava enfurecida e os ânimos estavam muito exaltados, a discussão se resumia no seguinte o professor falou que foi ofendido que foi chamado de lixo e imundo, enquanto a mãe não reconhecia que seu filho havia se excedido mesmo com os prints do professor. A postagem era um critica do professor, ateu confesso, questionando a escola ceder espaço ao cultos religiosos, sendo que a mesma deveria ser laica (neutra).

A parte mais crítica do debate foi quando o professor disse:

_ O cristianismo apensar de ter sofrido diversas manipulações ao longo dos anos, tem em sua essencia algo bom, que é "amar seus inimigo", 'não julgueis para não serem 

julgados", "ame o próximo como a ti mesmo", Jesus foi um cara legal.

Foi quando a mãe do aluno que ofendera o professor disse:

_ Os meus filhos são o reflexo do que é ensinado na minha casa.

O professor retrucou:

_ Você sabe realmente o que é Evangelho? Porque chamar alguém de imundo e lixo, não combina com o que o seu Jesus lhe ensinou. 

Foi ai que tive vergonha de mim mesmo naquela hora. Um ateu, alguém que debocha do Altíssimo pode ver facilmente como somos frágeis e fracos em praticar o que cremos.

Meu intuito aqui não é de expor o pobre do menino, até porque ele é imaturo e aprendeu, acredito, com este espisódio, mas pelo fato de que para defender nossas teses temos que 'passar por cima' do que é mais importante para nós, o bom senso e o simples fato de praticar o evangelho.

Minha esperança é que este breve e parcial realto lhe faça pensar por um pequeno instante, "eu realmente sei o que é o Evangelho"?

Eu acho que sei, mas se não praticar e ficar somente no campo exterior e não em meu interior, essa certeza nunca será vista por ninguém.

Não que a intessão seja ser visto ou ser notado, mas como está escrito em Mateus 6:9 "Santificado seja o Vosso Nome" nossas ações santificam o Nome do Senhor.

Ou como diz um ditado de um teólogo, "você é a biblia que o mundo lê".

Que a nossa oração hoje seja, para que saiamos do farizaismo e sejamos praticantes da Palavra.

Amém.



quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Você vive o que prega? ou é mais um hipócrita?



Dia após dia isso ecoa na minha cabeça, confessa que nem sempre consigo ser o que eu prego, fruto da minha pequenez e impossibilidade de me salvar ou de fazer algo para meu próprio proveito. Quem nunca errou ou quem nunca se viu como o grande vilão da história? Não me refiro aos "contos de fadas" que alguns vivem enganando a si próprio, isso é o mais grave e oque mais acontece.


Nem é tão difícil, basta pegar os maiores hereges da atualidade em nosso país, Edir Macedo, Valdomiro Santiago, R.R. Soares, Agenor Duque, Joel Engel, dentre outros, me diga que nunca pensou como eles são tão eloquentes, persuasivos e em alguns casos falam até com respaldo bíblico (mas é evidente que deturpam os textos ou isolam alguns versículos para o seu próprio interesse) e chegam a enganar alguns, isso ocorre porque eles já estão cegos e enganam a si mesmos, tudo isso se aplica como diz o texto em 1 Timóteo 4:1,2:

"Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência;"

Veja "tendo cauterizada a sua própria consciência", isso é muito doloroso! Uma pessoa que não consegue acessar sua própria consciência, é algo terrível, mas não incomum. Como disse no começo do texto, eu quem vos escrevo confesso que sucumbo a minha natureza e suplico a misericórdia do Senhor a todo tempo, só podemos ter uma conclusão: isso é terrível.

Mas o Senhor não nos desempara, na certeza que ele intercede por nós, em meio ao caos temos uma certeza, sua graça é muito presente e palpável para o que Nele crê. Vejamos as diferenças entre um homem temente ao Senhor e um impostor hipócrita.


Hipócrita

- Mente Cauterizada - engana a si mesmo- Não vive oque prega- Encherga apenas defeitos dos outros- Gosta de ser reconhecido pelos outros- Egocêntrico- Dependente de si próprio ou usa terceiros como muleta- Não pratica oque prega- Julga sem conhecer, ou julga pelo que os outros falam


Homem temente a Deus

- Possui uma mente transformada- Vive oque prega- Vê seus defeitos e se espelha em Cristo / Ama seu irmão e o exorta com amor- Humilde- Ama seu próximo- Tem conciência que não depende das suas mãos mas do Senhor- Vive oque prega - Erra mas levanta de novo por meio da Graça- Julga com a reta Justiça


Poderia enumerar diversos tópicos, mas coloquei apenas alguns para que montem em suas mentes os perfis que me refiro. Das coisas mais simples as mais complexas remeta suas ações ao Senhor, seja "sensível" ao Espírito Santo. Aos que foram escolhidos é muito fácil ouvir seu convencimento. E se você ainda tem dúvidas de que é um homem de Deus, ande segundo a reta Justiça, a Bíblia (principalmente o Novo Testamento), a Palavra do Senhor. É impossível não ser coerente com oque há lá se realmente você é do Espírito.

A Paz e a Graça do Nosso Pai a todos vocês

Dilcimar Gomes

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Assédio Virtual e o suicídio



O artigo abaixo foi publicado no site 247 Saúde e é da autoria de Helena Martins.

CRESCIMENTO DE ATAQUES VIRTUAIS ACENDE ALERTA SOBRE SUICÍDIO

Apesar de ser um grave problema de saúde pública, com tendência de crescimento nos próximos anos, pois acompanha a expansão de doenças como a depressão, o suicídio ainda é um tabu no Brasil. Dificuldade de obter dados, preconceito e medo de estimular a prática ao falar sobre ela são fatores que dificultam a discussão e o desenvolvimento de políticas públicas, segundo estudos e especialistas consultados pela Agência Brasil.

Neste ano, o silêncio que ronda o tema foi quebrado com a divulgação do Baleia Azul, o jogo virtual que envolveria o estímulo às mutilações corporais de jovens e até ao suicídio. O game virou tema de novela e mesmo de operação da Polícia Federal, que prendeu acusados de aliciar crianças e adolescentes por meio do Baleia Azul.

O fato trouxe à tona uma realidade comum: a ocorrência do assédio virtual, também chamado de cyberbullying. O debate sobre o delicado tema é estimulado este mês, no âmbito do Setembro Amarelo, para sensibilizar a sociedade para a prevenção ao suicídio.

Além do jogo, casos como o do jovem americano Tyler Clementi, de 18 anos, que se suicidou após ter fotos íntimas divulgadas pelo colega de dormitório, e da britânica Hannah Smith, de 14 anos, que se matou após receber ofensas na rede, têm chamado a atenção de pesquisadores e instituições públicas.

Segundo o integrante do Grupo de Estudo e Pesquisa em Suicídio e Prevenção (GEPeSP), Pablo Nunes, não há estudos confiáveis que comprovem a ligação direta entre crescimento do número de suicídios e ataques nas redes sociais. No entanto, indícios dessa relação pedem atenção ao ambiente online.

“O fato é que a popularização da internet tem propiciado a circulação de informações sobre métodos de se suicidar e a proliferação de grupos de pessoas em sofrimento. Nesses grupos, os participantes discutem meios, lugares e 'encorajam' uns aos outros. No caso da automutilação, são centenas as páginas e grupos dedicados. Em muitas escolas o fenômeno já virou problema sério”, explica Pablo Nunes.

Além disso, o pesquisador destaca que o anonimato faz das mídias sociais um ambiente favorável para ataques.

Segundo o Safernet, organização não governamental (ONG) que recebe denúncias sobre crimes que ocorrem na internet, em 2016, 39,4 mil páginas da internet foram denunciadas por violações de direitos humanos, que incluem conteúdos racistas, de incitação à violência, que contém pornografia infantil, etc.

A ONG, que também oferece apoio às vítimas de crimes que ocorrem na internet, registrou no ano passado 312 pedidos de orientação e auxílio relacionados à intimidação ou discriminação na rede. A mesma quantidade de solicitações de apoio às vítimas do vazamento de fotos e vídeos íntimos, prática conhecida como sexting, foi registrada. Foi a primeira vez que o cyberbullying ocupou o primeiro lugar no ranking dos motivos que levaram a pedidos de ajuda. Já 128 casos relataram sofrimento devido a conteúdos de ódio e violência. 

Ataques virtuais

A consultora em políticas LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) e Direitos Humanos Evelyn Silva, de 43 anos, foi diagnosticada com depressão severa há mais de dez anos. Desde julho, a situação piorou depois que sofreu uma série de ataques na rede. Colunista de um site feminista, ela escreveu um texto sobre problemas recorrentes em relações entre lésbicas e bissexuais. A repercussão do texto veio junto a diversas mensagens violentas.

“O tema é polêmico, mas foi muito mais do que isso. Eu recebi mensagens de violência muito complicadas, de pessoas que eu não conheço, a maior parte da mensagem tinha cunho lesbofóbico. Chegaram a ameaçar a revista porque ela estaria dando guarida para uma 'bifóbica'”, relata a militante de direitos LGBT, que já havia sofrido ameaças de morte e “estupro corretivo” nas redes vindas dos chamados haters, pessoas que postam comentários de ódio na internet.

“É ódio puro. As pessoas não têm a menor ideia de quem você é, mas elas estão ali colocando para fora uma opinião que elas nunca expressariam pessoalmente”.

Muitas mensagens evidenciavam que as pessoas não haviam lido o texto, pois faziam referência a temas não abordados nele. Evelyn também foi alvo de uma série de pedidos de bloqueio no Facebook, que acabou suspendendo sua conta por 24 horas e, depois, por 72 horas. Apesar de ter buscado explicar a situação à empresa, não obteve nenhuma resposta.
Depois dos ataques, Evelyn decidiu se afastar das redes sociais, o que não impediu, entretanto, que ela enfrentasse crises de transtorno de ansiedade e pânico, o que dificultaram atividades básicas como trabalhar e sair de casa. “Bati no fundo do poço”, afirma. 

Monitoramento dos parentes

Evelyn revela que outros problemas ajudaram a reforçar o quadro de doenças e que ela chegou a pensar em cometer suicídio. Para evitá-lo, ela passa por um tratamento com monitoramento, uma técnica que envolve a presença constante e acolhedora de uma rede de amigos e parentes.

A consultora acredita que falar e expor a situação é importante para quebrar o tabu sobre o tema. A opinião é compartilhada por Pablo Nunes. “Preferir manter o suicídio no desconhecimento auxilia na manutenção do tabu, sendo mais difícil traçar ações de prevenção e sensibilização”.

O pesquisador explica que uma cobertura responsável da mídia, em vez de produzir o temido efeito de contágio, é considerada importante pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que oferece manuais e treinamento para jornalistas sobre como reportar casos.

Ao falar sobre suicídio, é preciso que também sejam apontados mecanismos de prevenção.

No ambiente da rede, isso começa com a adoção de mecanismos de proteção, como uso de aplicativos seguros para compartilhamento de fotos íntimas para pessoas conhecidas; cuidados com senhas; denúncias de agressores; busca de delegacias especializadas, quando necessário, e, principalmente, informação.

“Um adolescente que sabe como funciona determinado aplicativo, que entende as questões relacionadas ao anonimato e enxergue os potenciais prejuízos de um vazamento de informações pessoais possa ter, será um indivíduo que certamente prevenirá que situações como essas aconteçam”, defende o pesquisador.

O Artigo original poderá ser acessado por meio do link abaixo:

https://www.brasil247.com/pt/saude247/saude247/316716/Crescimento-de-ataques-virtuais-acende-alerta-sobre-suic%C3%ADdio.htm


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Tatuagens e Piercings x Cristão



Toda vez que é mencionado este tema e também vejo ele estampado em alguma rede social geralmente vem recheado de polêmicas, muitos com opiniões fortes e outros apenas expondo um comportamento religioso bem embasado em um "puritanismo" não praticado no seu dia a dia em outros áreas.

Mas vou tentar neste humilde texto não expor uma opinião particular no tocante a parte central do tema e tentar, pelo menos, expor a palavra do Senhor em meio a tantos achismos e "modinhas" que infelizmente estão inseridos neste assunto.

Apenas gostaria de deixar claro aos que irão ficar de mimimimi, minha opinião é: Não aconselho ninguém a fazer tatuagem, usar piercings e nem acho legal; mas como minha opinião pouco vamos a Palavra do Senhor.

Pra iniciar não encontramos na Bíblia nenhum versículo que proíba o uso de tatuagens ou piercings, porém algumas "entendidos" que para sustentarem suas opiniões citam o texto de Levíticos 19:28 para dizer que é pecado.

"pelos mortos não ferireis a vossa carne; nem fareis marca nenhuma sobre vós. Eu sou o Senhor."

Porém analisando todo o contexto, que é a forma que temos que ler e entender a Bíblia, o Senhor diz para não se fazer essa prática, pois estavam associadas a práticas pagãs e também a adoração egípcia, pois era muito comum os pagãos fazerem tatuagem aos mortos e aos deuses pagãos.

De forma nenhuma está ligado ao tipo de tatuagens que temos hoje em nada, e ainda se formos seguir o que diz nesse versículo sem entender seu contexto, teremos que seguir o que diz no versículo 27 :

" Não cortareis o cabelo em redondo, nem danificaras as extremidades da barba". 

E agora?

Não podemos isolar um versículo para embasar nossa opinião isso é "terrorismo religioso" deixar a pessoa com um tipo de culpa, por favor sejamos ao menos coerentes com a Palavra do Senhor.

Devemos ter muito cuidado em usar o Velho Testamento, não estou descantando ele, mas usá-lo sem analisar seu contexto e claro a história é de uma imensa insensatez, e existem outros inúmeros versículos que demostram isso, ou seja, se formos levar apenas alguns para nos embasar em algum ponto de vista porque devemos desprezar outros?

Por favor alguém que chegou até aqui e condena e acha pecada as tatuagens por favor me explique isso (acima)?

Voltando ao texto, outra referência que é costumeiramente ustilizada para como Levítilos é em 1 Coríntios 6:19-20: 

"Acaso, não sabeis que o vosso corpo é o Santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, "é que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois glorificar a Deus o vosso corpo." 

Ah como é bom estudar a Bíblia realmente nosso corpo não nos pertence mais, somos santuário do Espírito Santo e devemos santificar a Deus com ele e com nossos atos.Devemos cuidar bem do nosso corpo, mas as pessoas usam esse versículo apenas para condenar a tatuagem, mas se esquecem que se somos santuário do Espírito Santo, devemos cuidar de nosso corpo, fazer exercício físico, cuidar de nossa alimentação, não por estética, mas porque devemos cuidar do templo do Espírito Santo. E porque apenas lembramos da tatuagens?


Então esses são os dois versículos mais usados para se embasar o uso da tatuagens para dizer que as mesmas são pecado, na verdade o que vejo são pessoas expressando suas opiniões de forma errada, novamente reintero que não sou a favor de tatuagens e piercings, mas também não acho nada de mais se alguém fizer, e conheço muitos cristão sinceros que fizem e tem uma fé inabalável maior que a minha.

Eu venho de uma família muito conservadora em termos de ritos religiosos e para não escandalizar nenhum dos meus pais, optei por não fazer. Também tenho dois filhos adolescentes um de 17 e outro de 15, e novamente optei por não fazer por não ver neles ainda maturidade para decidir isso. Imaginem ver o pai chegando em casa com uma tatuagem, meu filho mais novo certa fez brincou que se fizermos alguma tatuagem ele viraria um 'gibi'.

Penso que como diz em 1 Coríntios 6:12:

"Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma."

E sobre o escandalo e para cristão com pouca maturidade (pouco fé) em Romanos 14:21:

"Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça"

Penso que isso é algo além de classificar como pecado ou qualquer outra coisa, é algo pessoal e deve ser feito por pessoas maduras, levando em conta que é algo permanente.

Era isso irmãos espero que os comentários que viram sejam coerentes e sem religiosidades mas respaldados com a palavra do Senhor.

Ósculo!

Dilcimar Gomes 

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Não desafie sua natureza humana

Resista ao diabo e ele fugirá. Mas corra, fuja de impulsos de sua natureza humana Somos impulsionados todos os dias,...




Resista ao diabo e ele fugirá. Mas corra, fuja de impulsos de sua natureza humana
Somos impulsionados todos os dias, por nossa natureza humana, a cometer coisas que, muitas vezes, não queremos realizar, mas quando notamos já fizemos, já praticamos. Não tem como lutar sozinho contra a nossa natureza adâmica, as vezes é preciso fugir, correr, passar de largo desses impulsos do velho Adão, pois conhecendo bem nossa estrutura será fatal desafiar a nossa natureza e confiar em nossa “carne”. Maldito o homem que confia no homem. Jeremias 17:5
. “O coração é enganoso e incurável, mais que todas as coisas; quem pode conhecê-lo?” Jeremias 17.9
Somos desafiados a resistir ao diabo, mas não a nossa natureza humana e pecaminosa.
A bíblia nos aconselha a resistir o diabo, certamente ele fugirá de nós, mas quando o assunto parte para a natureza humana o conselho é correr de seus impulsos e obras. O sangue do velho Adão ainda corre todos os dias em nossas veias. Por mais santo que você seja, por mais espiritual que você se encontre, a tua natureza te empurra para o pecado a cada segundo. O Apóstolo Paulo chega a dizer que se esbofeteia todos os dias, claro que ele está parafraseando quando diz isso, mas é como se falasse minha natureza precisa apanhar todos os dias.
Paulo denomina-se como miserável pecador, ou seja, ele sabe que não adianta resistir, lutar contra sua natureza pecaminosa. Romanos 7:24.  Para não fazer o que eu não quero o melhor é fugir, desviar, desvincular de algo que não consigo me controlar. A coisa é tão séria que quando percebemos já fizemos e porque fazemos?  Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.  Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Romanos 7:19-20.
Claro que quem habitava no Apóstolo Paulo era o Espirito Santo, mas quando o Apostolo Paulo diz: o pecado que habita em mim ele se refere a sua natureza humana e pecaminosa que o impulsionava a todo instante a fazer algo contrário ao seu homem interior [espiritual] 1 Coríntios 9: 27
“José conhecia muito bem sua estrutura, sua natureza; por isso apressou-se em fugir da mulher de Potifar”.
Algumas pessoas já me perguntaram: Porque José não resistiu a mulher de Potifar? Ele não foi fiel a DEUS por onde passou? Mesmo em várias situações de sua trajetória “não continuou sendo fiel a DEUS”? Embora o texto seja curto e objetivo e nem entre em detalhes se José tinha ou não, pontos fracos, uma coisa eu sei: podemos aprender muito com essa atitude de José.
Alguns teólogos veem essa fugida de José como sendo um livramento e que o próprio José talvez tenha percebido, identificado a armadilha ou quem sabe a aparência do mal. Muitos homens, quem sabe vulneráveis a esta área do sexo, se ficassem ali, com certeza cairiam na armadilha do adultério com a mulher de Potifar. Gênesis 39
“Reconheça sua fragilidade e identifique a isca que te deixa vulnerável, sujeito a cair na armadilha do diabo”
Não confie jamais em sua natureza humana, você não é “tão forte espiritual como imagina ser”, muitas vezes é preciso identificar onde está a armadilha, a pegadinha ou o laço.
Embora Deus nos livre do laço do passarinheiro [Salmo 91:3] o livramento se dá muitas vezes por um escape, não espere que DEUS envie um anjo para impedir que você cometa algum impulso carnal. Não vem anjo algum, o que aparece pra você é um “escape” uma fuga. Tendo conhecimento de tal laço é melhor não tentar a DEUS. Lucas 4:12
Quem sabe alguém diga: Não tem problema é só um gole; não tem problema só vou ficar olhando; não tem problema é só um click; não tem problema é só uma cheirada. A melhor opção é escapar fugir; corra, mesmo que isso lhe custe algo, pois a melhor opção, conhecendo seu ponto vulnerável, é fugir.
Com certeza Deus te dará o escape no momento certo.
 Muitas pessoas coloca a culpa em Deus por passar por alguma tentação, muitos dizem: Deus permitiu para me fortalecer nesta área. Veja o que Tiago diz a respeito:
Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: “Estou sendo tentado por Deus”, Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Tiago 1:13-14.  A cobiça é a causa da queda, tudo isso vem de nossa natureza, mas podemos rejeitá-la, podemos fugir, pois se ficarmos, com certeza, seremos seduzidos. É melhor não mexer em algo que minha natureza não suportará.
Não veio sobre vós [provação], senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará [provar] acima do que podeis, antes com a [provação] dará também “o escape”, para que a possais suportar. O escape é correr, fugir, livrar-se da armadilha. 1 Coríntios 10:13
Portanto, sujeitai-vos a Deus. Resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós! Tiago 4:7
Você é aconselhado a resistir Satanás, e ele fugirá de você, mas jamais resista sua natureza, jamais confie em você mesmo. Jeremias 17:5 “Maldito o homem que confia no homem”
Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço.
E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.
Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo. Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros. Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Romanos 7:15-24
#FicaADica:  Não Confie em você, Não resista a sua Natureza, Fuja do laço!
Pb Josiel Dias
Fonte: https://artigos.gospelprime.com.br/nao-desafie-natureza-humana/

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Curtindo a Vida Adoidado




Depois do texto de nosso irmão Ricardo Camilo, "Te pego lá fora", uma analogia ao título do filme com nossa condição pecadora frente ao livro de Romanos (principalmente), fiquei pensando em outro título que se encaixa perfeitamente em nosso dias e pra quem viveu a década de 80 como eu foi bem marcante, que é o Curtindo a vida adoidado. Ao ler esse título e o levando ao contexto do evangelicalismo brasileiro contemporâneo é inevitável não vir a cabeça, os maiores "cães gulosos" de 
nossa atualidade.


Quem não se lembra do Filme ou não assistiu ele foi considerado um dos melhores filmes adolescentes de todos os tempos. Ele conta a história de Ferris Bueller, um jovem aluno do último ano do colegial e pretende faltar às aulas naquele dia de sol. Assim, finge estar doente, enganando os pais, mas não a irmã Jeanie, que se revolta com o sucesso dos ardis do garoto. Ele também não consegue enganar o diretor de sua escola, porém Ferris é muito mais inteligente, e junto com a namorada e seu melhor amigo, o depressivo Cameron, passa um dia inesquecível.

As artimanhas de Ferris Bueller enganam e surpreende a quase todos, mas um minoria ainda não cai nas falcatruas do jovem para simplesmente gozar de momentos ao seu bel prazer.

É exatamente o cenário de hoje, pastores, bispos e "apóstolos", sobem os montes de joelhos, determinam coisas que eles mesmos sabem que não enganam nem a eles mesmos, colocam julgo religioso sobre os fracos espiritualmente.

Tenho um trabalho com amigos já consolidado há muitos anos, além é claro deste blog, que combatemos as heresias e ensinamentos antibíblicos, contudo ultimamente estava meditando porque as coisas tendem a ficar cada dia mais nebulosas porque novas heresias aparecem com muito mais frequências que pessoas que se manifestam a favor da sã doutrina. É muito simples, é porque o Diretor já sabe. E Esse Diretor é nosso Criador, Soberano, Ele está a par de tudo que está acontecendo e por meio de sua palavra nos alertou:


"Se alguém ensina falsas doutrinas e não concorda com a sã doutrina de nosso Senhor Jesus Cristo e com o ensino que é segundo a piedade, é orgulhoso e nada entende. Esse tal mostra um interesse doentio por controvérsias e contendas acerca de palavras, que resultam em inveja, brigas, difamações, suspeitas malignas e atritos constantes entre aqueles que têm a mente corrompida e que são privados da verdade, os quais pensam que a piedade é fonte de lucro. - 1 Timóteo 6:3-5

"Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas? Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons. Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo. Assim, pelos seus frutos vocês os reconhecerão!" - Mateus 7:15-20

Então animem-se quando vocês notarem alguma heresia, não deixem de combater o bom combate, não se omitam, mas acima de tudo se alegrem porque essa "curtição" está acontecendo para que tudo que foi escrito na palavra do Senhor se cumpra.

Então Edir Macedo, Valdomiro Santiago, RR Soares, Silas Malafaia, Bispo Rodovalho, Agenor Duque, e os "emergentes", "Well, shake it up baby now....", façam suas loucuras mas alguns aqui sabem seus truques e seus métodos, e Aquele que tudo vê e sabe que vocês buscam seus próprios interesses não deixa nada encoberto.


Ósculo na alma!

#DG

segunda-feira, 19 de junho de 2017

A Soberba e a Singeleza do Cristão



Há alguns dias todos acompanharam um auto-intitulado "apóstolo" reivindicando o motivo de uma doença de um conhecido jornalista como sendo motivada por sua maldição. Quando vi a fala do falso Cristo, confesso que me senti com nojo do sistema evangélico contemporâneo, e pude perceber que em nosso país existe um grande obstáculo para a propagação do real evangelho, que é "eu mesmo", com meu orgulho.

Mas como "meu" ou "seu" se o que motivou essa reflexão foi o "apóstolo"? você pode pensar, "mas eu não fiz nada referente a este assunto!", você tem plena razão, mas acalme-se eu irei explicar.

Um irmão muito sábio uma vez me disse que antes de julgar meu irmão tenho que primeiro me colocar na frente, isso mesmo, antes de julgar qualquer herege, ou ainda proferir qualquer opinião eu me coloco no lugar do réu (réu é uma palavra muito forte nesse contexto mas é como me sinto em contrapartida a minha condição pecadora) onde eu me analiso antes e depois emito uma opinião, a bíblia disse exatamente isso também, porém ele pode ser bom ou pode ser mau. Quando é para fazer a distinção entre o que está certo e o que está errado, é bom e uma obrigação do Cristão:

1 Coríntios 11:13 - "Julgai entre vós mesmos..."


Quando é para condenar uma pessoa sem piedade, levando-a a tropeçar, é mau:

Romanos 14:13 - "Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão"


Vejo Cristãos sinceros cometendo esse tipo de excesso o tempo todo, inclusive eu.

Contudo o propósito deste texto é tratar de quão soberbo temos sido, os hereges contemporâneos apenas são o produto de anos de analfabetismo bíblico e por não recorremos a Cristo ao invés de colocarmos falsos profetas no lugar de nosso Salvador. Você que já foi regenerado, tocado pelo Espírito Santo, em algum momento se compadeceu pelas almas?

Ao ouvir esse apóstata seus olhos não lacrimejaram? ou ao menos não ficou com vergonha ou chocado em ver o tamanho do desserviço que estam fazendo ao Reino? É lastimável onde chegamos.

Há um "avivamento" calvinista entre os jovens principalmente na internet, mas a visão que passa é que há uma interesse em estar certo, em ser mais santo que os outros ou demostrar maior conhecimento, a singeleza e a piedade ficaram em segundo plano.


Pensei em excluir o trabalho que eu faço regularmente, o Blog e a página, por me achar participante desde circulo vicioso de "santos inerrantes", mas pela graça fui alcançado e vi minhas mazelas, isso sem contar os erros e vacilos diários que passo como todo cristão.


Irmãos, julguem com amor, ajam com sabedoria e nunca mais, nunca mesmo se achem melhor que um morto espiritualmente, sinta a presença real do evangelho por meio do Espirito Santo que expõe suas mazelas como uma ferida aberta na consciência de quem foi escolhido para o Reino e ame seu inimigo, se é que temos um inimigo carnal aqui, eu não considero ninguém assim, mas aos opositores dê algo melhor para eles, que tal a singeleza do Evangelho?


#DG